ARTHUR FARACO

arthursite.png

Arthur Faraco (1994, Brasil), é contrabaixista e iniciou os estudos aos 14 anos de idade. Graduando em Licenciatura em Música pela Universidade Estadual de Londrina desde 2012, participando de diversos projetos dentro e fora da Universidade. Dentre os trabalhos artísticos estão grupos diversos da cidade de Londrina, sendo eles os que integram o CLIC, como o mut657 e Armila, além de trabalhos como contrabaixista da Orquestra Acadêmica Bravi e grupos instrumentais diversos. Atua também como professor de música em colégios municipais e estaduais, além de aulas particulares. Na Universidade, trabalhou com Projetos de Pesquisa e Extensão, sendo bolsista em diversas ocasiões que resultaram em trabalhos como o projeto de iniciação científica, trabalho voltado à composição com aberturas à improvisação, nomeado “Aliquid Stat Pro Aliquo: Cinco composições com notação textual para instrumentação livre. Criação e análise de peças com abertura à improvisação” e trabalhos em escolas da cidade por programas como o Projeto Brasil Musicantes de São Paulo.


Arthur Faraco (1994, Brazil) is a bass player. He began studying when he was 14 years old and is currently pursuing a degree in Music in the State University of Londrina since 2012, as well as participating in several projects within the university and outside of it. Amongst his artistic works are many groups in the city of Londrina, including the ones that are a part of CLIC, such as mut657 and Armila, besides playing the bass for the Bravi Academic Orchestra and other instrumental groups.  He also acts as a music teacher in municipal and state schools and does private tutoring. In the university, he has worked with research and extension projects, earning several scholarships, which allowed him to work with improvisational compositions in a project named “Aliquid Stat Pro Aliquo: Five compositions with textual notation for free instrumentation. Creation and analysis of performances with improvisational opportunities”, as well as working alongside schools in the city of São Paulo in projects such as Projeto Brasil Musicantes.